sábado, 27 de fevereiro de 2010

Por que? Porque não faz mais sentido.

"Chorar por tudo que se perdeu, por tudo que apenas ameaçou e não chegou a ser, pelo que perdi de mim, pelo ontem morto, pelo hoje sujo, pelo amanhã que não existe, pelo muito que amei e não me amaram, pelo que tentei ser correto e não foram comigo. Meu coração sangra com uma dor que não consigo comunicar a ninguém, recuso todos os toques e ignoro todas tentativas de aproximação. Tenho vergonha de gritar que esta dor é só minha, de pedir que me deixem em paz e só com ela, como um cão com seu osso.
A única magia que existe é estarmos vivos e não entendermos nada disso. A única magia que existe é a nossa incompreensão."

Caio Fernando Abreu

3 comentários:

Chay Fernandes disse...

O insignificante tem um significado imenso para mim. Sempre quis ser superior, estar acima de tudo que estava me consumindo... acreditar em melhoras, apesar de tudo. Cansei disso. Do muito que acreditei, sigo com pouco. Todo resto quero jogar fora. Não é uma crise existencial, apenas demorei a perceber que muitas coisas não me servem mais.

O Trovador das Gerais disse...

Que postagem triste... =(

Beijos, meu anjo!

Anderson disse...

hmm...
insignificante pode carregar bastante significado...

falta as palavras...