segunda-feira, 29 de junho de 2009

Parabéns, Juliana Dolores

video

Eu tinha que fazer algo diferente em homenagem a essa moça. Afinal nos conhecemos há 9 anos e... putz! Ela está fazendo 25 anos, mais motivos para comemorar não tem. Acho que o maior desafio de avançar na idade não é transcorrer o tempo, é amadurecer. E a Dô conseguiu. Tornou-se uma mulher linda e madura. Passou por vários obstáculos. Modernizou-se sem abandonar seus valores. Fortaleceu seus conhecimentos, absorveu das pessoas o que elas poderiam proporcionar-lhe de melhor. Eu não estou aqui só para falar que a amo. Estou para enaltecer, não uma qualidade pungente, mas a mulher admirável que se tornou.

É isso amiga, por amor... por que me orgulho de tê-la ao meu lado. Por que vc tem tempo para apoiar a todos e ainda assim ser você e cuidar de você.

Parabéns por mais esse lustro, essa primavera e todas as vitórias consolidadas.

Beijosmeliga ;]


sábado, 27 de junho de 2009

Céu - Lenda






E tome tento


Fique esperto


Hoje não tem papo


Jogo-lhe um quebrante


Num instante


Você vira sapo


Bobeou na crença


Príncipe volta


Ao seu posto


De lenda...


Seu nome


Ri na boca do sapo


Sua boca...


Já tá feito


Tá mandado


O seu trono tá plantado


Fica acerca de mim


Seu nomeNa boca do sapo


Sua boca na minha


O resto é boi dormindo


Em história errada


De carochinha



quarta-feira, 24 de junho de 2009

Tanto Que Aprendi de Amor - Fátima Guedes




Tanto que aprendi de amor na vida
E agora descobri
Que não sei nada mais
Força eu fiz pra ter com esse rapaz
Só boa companhia
Hoje eu gosto demais
Sabe que até falta ele me faz
Sabe que eu tentei não compreender
E dei pra relembrar as coisas mais
Pra esquecer

Tanto que aprendi de amor
Tanto, e daí?
Na hora de fugir não me senti capaz
Quero o que me sobra dele em mim
A boa companhia
A vida que ele traz
Força eu fiz mas já não faço mais
Sei onde me leva essa ilusão
Mas não amar também me tira a paz
E a emoção

domingo, 14 de junho de 2009

Eterno Feitiço - Leila Pinheiro



Se eu estivesse atrás sossego,
Se eu estivesse a fim de paz,
Não olharia seus olhos, jamais!

Seu olhar é cheio de segredos,
Às vezes me mata de medo
Você não sabe o que ele me faz.

Me faz cair das alturas.
Me faz sonhar com aventuras.
O meu desejo é querer muito mais.

Depois me vira do avesso,
Que eu mal me reconheço.
Perco o juízo, o sono e a paz.

Seu olhar é cheio de mistério,
Me invade, me tira do sério.
Você não sabe do que ele é capaz.

Atiça a minha vontade,
Me deixa sofrer de saudades,
É crueldade o que ele faz.

Faz meu olhar submisso,
Viver sobre eterno feitiço
Dos seus amores, assim passionais.

Bagunça o meu samba-enredo
E se eu quisesse sossego
Não olharia seus olhos, jamais.

Eu não olharia seus olhos, jamais!

sexta-feira, 5 de junho de 2009

Soy Loco Por Ti, América - Caetano Veloso




Soy loco por ti, América

Yo voy traer una mujer playera

Que su nombre sea Marti

Que su nombre sea Marti...


Soy loco por ti de amores

Tenga como colores

La espuma blanca

De Latino américa

Y el cielo como bandera

Y el cielo como bandera...


Soy loco por ti, América

Soy loco por ti de amores...(2x)


Sorriso de quase nuvem

Os rios, canções, o medo

O corpo cheio de estrelas

O corpo cheio de estrelas

Como se chama amante

Desse país sem nome

Esse tango, esse rancho

Esse povo, dizei-me, arde

O fogo de conhecê-la

O fogo de conhecê-la ...


Soy loco por ti, América

Soy loco por ti de amores...(2x)


El nombre del hombre muerto

Ya no se puede decirlo, quién sabe?

Antes que o dia arrebente

Antes que o dia arrebente...


El nombre del hombre muerto

Antes que a definitiva

Noite se espalhe em Latino américa

El nombre del hombre

Es pueblo, el nombre

Del hombre es pueblo...


Soy loco por ti, América

Soy loco por ti de amores...(2x)


Espero o manhã que cante

El nombre del hombre muerto

Não sejam palavras tristes

Soy loco por ti de amores

Um poema ainda existe

Com palmeiras, com trincheiras

Canções de guerra

Quem sabe canções do mar

Ai hasta te comover

Ai hasta te comover...


Soy loco por ti, América

Soy loco por ti de amores...(2x)


Estou aqui de passagem

Sei que adiante

Um dia vou morrer

De susto, de bala ou vício

De susto, de bala ou vício...

Num precipício de luzes

Entre saudades, soluços

Eu vou morrer de bruços

Nos braços, nos olhos

Nos braços de uma mulher

Nos braços de uma mulher...


Mais apaixonado ainda

Dentro dos braços da camponesa

Guerrilheira, manequim, ai de mim

Nos braços de quem me queira

Nos braços de quem me queira...


Soy loco por ti, América

Soy loco por ti de amores...(4x)

terça-feira, 2 de junho de 2009

Pra Você Guardei o Amor - Nando Reis




PRA VOCEGUARDEI O AMOR QUE NUNCA SOUBE DAR

O AMOR QUE TIVE E VI SEM ME DEIXAR

SENTIR SEM CONSEGUIR PROVAR SEM ENTREGAR

E REPARTIR PRA VOCE

GUARDEIO AMOR QUE SEMPRE QUIS MOSTRAR

O AMORQUE VIVE EM MIM

VEM VISITAR SORRIR

VEM COLORIR SOLAR

VEM ESQUENTAR E PERMITIR

QUEM ACOLHER O QUE ELE TEM

E TRAZ QUEM ATENDER O QUE ELE DIZ

NO GIZ DO GESTO O JEITO PRONTO

DO PISCAR DOS CÍLIOS

QUE O CONVITE DO SILENCIO EXIBE EM CADA OLHAR


GUARDEI SEM TER PORQUE

NEM POR RAZÃO

OU COISA OUTRA QUALQUER

ALÉMDE Não SABER COMO FAZER

PRA TER UM JEITO MEU DE ME MOSTRAR

ACHEI VENDO EM VOCE

E EXPLICAÇÃO NENHUMA ISSO REQUER

SE O CORAÇÃO BATER FORTE

E ARDERNO FOGO O GELOVAI QUEIMAR


GUARDEI O AMOR QUE APRENDI

VEM DOS MEUS PAIS O AMOR QUE TIVE E RECEBI

E HOJE POSSO DAR LIVRE E FELIZ

CÉU CHEIRO E AR

NA COR QUE ARCO-IRIS RISCA AO LEVITAR

VOU NASCER D E NOVO LAPIS

EDIFICIO TEVERE PONTE DESENHAR

NO SEU QUADRIL

MEUS LABIOS BEIJAM SIGNOS

FEITO SINOS

TRILHO A INFANCIA

TEÇO O BERÇO DO SEU LAR