quinta-feira, 3 de maio de 2007

Adélia Prado

Explicação de poesia sem ninguém pedir

Um trem-de-ferro é uma coisa mecânica,mas atravessa a noite, a madrugada, o dia,atravessou minha vida,virou só sentimento.

Um comentário:

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.