terça-feira, 7 de outubro de 2008

Samba e Leveza - Lenine



Foi na leveza
Só sentimento
E me entregou suas palavras
Como quem dava um pedaço
Delicadeza foi
Disse ao meu coração
E ela me deu a intenção
Do samba que eu não fiz

Ô, sambá
É o que eu quero sentir
Ô, sambá
Quando eu te ver sorrir
Ô, sambá
Coisa melhor que eu fiz
Mundo caiu no samba
Na hora que eu te vi

Você me batucou
Skindô meu coração
Quando eu te vi
Sambar assim
Aqui neste lugar
Onde este mesmo sol
Costuma aparecer
E a lua vem ouvir
O som estéreo do mar

Ô, sambá
Venha me dar seu amor
Ô, sambá
Que eu sambo aonde for
Ô, sambá
É o tempo certo de ser
E eu sambaria o mundo
Só pra encontrar você

5 comentários:

Chay Fernandes disse...

Esta música foi composta a partir de fragmentos de manuscritos de Chico Science. Estes foram apresentados a ele por Goretti, a irmã do músico. Goretti procurou Lenine e mostrou a caderno do irmão. A partir de alguns fragmentos, Lenine criou a letra e a música da canção que é, na verdade, uma homenagem ao amor fraternal.

Chay Fernandes disse...

É um dos muito amores que sinto por essa mulher!!! =D

Dolores disse...

Que tudo!!!

Pela música...

a história dela...do Lenine...

E de você amada...


ps: Que rabão!! Valeu mãe!!!rsrsrs

Limeriques disse...

Adorei a letra, bem como a história, que não conhecia. Preciso me re-familiarizar com coisas brasileiras...Portanto, creio que voltarei infinitas vezes nesse blog
;)

Chay Fernandes disse...

Será sempre bem vinda =D